Site oficial de Aníbal Reis Costa

anibalreiscosta2@gmail.com

Correio Alentejo

Correio Alentejo - jornal mensal do Baixo Alentejo
  1. Câmara de Beja cede espaço no Padrão
    A Câmara de Beja vai ceder o novo espaço multiusos da aldeia do Padrão à Junta de Freguesia de Nossa Senhora das Neves, sendo que o contrato de comodato será assinado entre ambas as partes nesta terça-feira, 24. A cerimónia de assinatura do contrato, válido por quatro anos, irá decorrer a partir das 17h30 no espaço que será cedido, permtindo que a Junta de Freguesia, a partir desse momento, dê uso ao espaço que foi entregue pelo empreiteiro à Câmara Municipal em Março de 2018. Fonte municipal sublinha que a autarquia “prossegue assim, e à semelhança do que já ocorrera com a escola do Bairro Nossa Senhora da Conceição, a sua acção de transferência, através do comodato, de instalações de que é proprietária para as juntas de freguesia porque entende que os equipamentos são melhor administrados numa lógica de proximidade maior que as juntas têm às populações locais”.
  2. PCP exige melhores cuidados de saúde
    O PCP de Beja exige “um financiamento adequado” para a Saúde e uma nova política para que todos os constrangimentos identificados neste sector na região “possam ser corrigidos, em prol de uma melhor Saúde parta todos”. A posição é assumida em comunicado, após a Direcção da Organização Regional de Beja (DORBE) do PCP ter reunido na passada sexta-feira, 20, para analisar a situação politica e social e as tarefas do partido. Segundo os comunistas, na área da Saúde os serviços prestados às populações degradam-se “dia-a-dia”, considerando ser “dramática a carência de recursos humanos” e a “falta de material básico de consumo corrente”, nomeadamente a ausência de reagentes no laboratório de análises clínicas do hospital, de pensos nos centros de saúde ou de fraldas no Serviço de Psiquiatria. O PCP critica ainda as “condições desumanas no atendimento e estadia no Serviço de Urgência” do hospital de Beja e o “longos atrasos na marcação de consultas em alguns dos centros de saúde e para algumas especialidades no hospital”.
  3. Festejar a Liberdade no distrito de Beja
    O tempo é de festejar a Liberdade e a Democracia! Na noite desta terça para quarta-feira, de 24 para 25 de Abril, assinala-se o 44º aniversário da Revolução dos Cravos e a data será devidamente assinalada nos quatro cantos do Baixo Alentejo. Em Aljustrel a festa na noite de 24 de Abril começa às 22h00 e vai decorrer na Praça da Resistência, com os concertos do grupo “Monda” e, depois do fogo-de-artifício, de Fernando Daniel. O concerto do duo “Andarilhos da Liberdade”, a partir das 22h00 na Praça da República, e um espectáculo pirotécnico à meia-noite são os destaques dos festejos em Almodôvar, enquanto em Beja os 44 anos do 25 de Abril são assinalados na noite de terça-feira, 24, com as actuações na Praça da República da banda filarmónica da Capricho Bejense, a partir das 22h00, e do grupo “D´Empreitada”, a partir das 22h30. Segue-se o tradicional espetáculo de fogo-de-artifício, às 24h00, no castelo, e o concerto da cantora Ana Bacalhau, a partir das 00h15, e uma sessão do DJ Paulo Costa, a partir das 1h30. Em Castro Verde a “festa da Liberdade” terá por palco o cine-teatro municipal, que a partir das 21h30 de terça-feira, 24, recebe um concerto com o grupo “Alentejo Cantado”, a banda filarmónica de Castro Verde e a fadista Sara Gonçalves. Após o concerto, a banda realiza uma arruada até ao Largo da Feira, onde terá lugar um espectáculo de fogo-de-artíficio. Por seu lado, na vila de Mértola os festejos vão decorrer na Praça Luís de Camões, pelas 21h30, com o grupo “Contrabaixo apresenta Zeca”. Para o dia seguinte está prevista a Corrida da Liberdade (10h00). O espectáculo “As portas que Abril abriu”, que junta Napoleão Mira & Reflect, é a proposta para a noite de terça-feira, 24, em Ourique. A iniciativa vai decorrer pelas 21h30 na Biblioteca Municipal Jorge Sampaio. Finalmente, em Odemira, as comemorações do 44º aniversário do 25 de Abril incluem, na terça-feira, 24, a actuação dos HMB (22h00), de João Pedro Pais (00h30) e do rapper Dillaz (2h00) no Largo Brito pais. Pelo meio, terá lugar o simbólico momento do hastear da bandeira no edifício dos Paços do Concelho (00h00) e um festival piromusical na zona ribeirinha logo a seguir. Na quarta-feira, 25, será a vez de subirem ao palco os odemirenses Suspeitos do Costume (19h00) e bem conhecido José Cid (22h00).
  4. Plano intermunicipal “em nome” da Igualdade
    Promover a igualdade de género e combater as discriminações em função do sexo ou orientação sexual são algumas das metas assumidas no novo Plano Intermunicipal para a Igualdade, que vai ser dinamizado até final de 2019 nos concelhos de Aljustrel, Almodôvar, Castro Verde, Ferreira do Alentejo e Ourique. O novo plano é fruto do protocolo estabelecido entre as cinco autarquias e a Esdime, através do seu Gabinete de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica (VERA), representando um compromisso entre todos em nome da “igualdade de género, cidadania e não discriminação”. “Sendo que o objectivo do referido protocolo é o combate à violência de género, e que este tipo de violência tem na sua génese a desigualdade de poder entre homens e mulheres, facilmente se entenderá o papel preventivo que a execução deste plano poderá ter através da promoção da igualdade entre homens e mulheres, factor de maior protecção face ao risco de violência doméstica e de género”, resume ao “CA” a psicóloga Marina Brito, coordenadora do Gabinete VERA. De acordo com esta responsável, o novo plano pretende reforçar “as políticas de igualdade nas políticas públicas” destes cinco municípios e a sua dimensão supramunicipal acaba por trazer “vantagens ao território”. “Nomeadamente na rentabilização de recursos humanos e financeiros, na adopção de uma linguagem comum num território mais abrangente que o próprio concelho, na motivação inter-pares de todas as pessoas envolvidas na sua construção e implementação, e no reforço do compromisso dos vários municípios com a área da Igualdade de Género”, observa Marina Brito. Nesse sentido, o novo plano, que conta com a parceria da GNR e de diversas entidades locais, assenta em três eixos temáticos: Desporto, Educação e Cultura. No primeiro, o objectivo é “desmistificar os preconceitos de género associados à prática desportiva” e “sensibilizar dirigentes/ executivos camarários e chefias para a Igualdade de Género”, enquanto o segundo visa “sensibilizar a comunidade escolar para a importância da Igualdade de Género”. A aposta na Cultura pretende igualmente “sensibilizar” a comunidade para estas questões. Até final de 2019 o plano inclui a realização de workshops, a dinamização nas escolas de um concurso intermunicipal de postais e de vídeos sobre Igualdade de Género, a criação de peças de teatro itinerantes ou a promoção de ciclo de cinema sobre o tema, entre outras acções. E a 30 de Setembro de 2018 assinalar-se-á o Dia Intermunicipal para a Igualdade através da realização de um “mega-dia desportivo intermunicípios”. “Sendo que esta é a primeira vez que estes cinco municípios se organizam para a execução de acções iguais nos vários concelhos, a principal meta será a realização de todas as acções previstas em todos os concelhos. Pode parecer uma meta pouco ambiciosa, contudo conjugar todas as agendas que envolvem não só as dos próprios municípios mas também as das entidades parceiras, exige um esforço acrescido”, afirma Marina Brito. “No final do plano ir-se-á proceder a uma avaliação do mesmo”, acrescenta.
  5. Biblioteca de Aljustrel celebra Dia do Livro
    A Biblioteca Municipal de Aljustrel assinala nesta segunda-feira, 23 de Abril, o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor com diversas iniciativas para promover o gosto pelos livros e pela leitura. A partir das 10 horas tem lugar o peddy-paper ”Viajando com Ulisses”, destinado aos alunos do sexto ano do ensino básico, enquanto pelas 15h00 será inaugurada a exposição colectiva “Memórias de Abril”, que reúne os trabalhos elaborados na actividade “Puzzleestoriando” do grupo de seniores do concelho que frequentam o programa Animasénior. A partir das 15h30 tem lugar a actividade “Liberta o Leitor que há em ti…”, que contará com a participação do escritor Luís Miguel Ricardo, que apresentará o seu livro Falares e Ditarenhos do Alentejo aos alunos do Secundário. Finalmente, pelas 18h30, realiza-se a sessão de declamação de poesia “Abril à Letra”, com a participação de jovens poetas “de palmo e meio” e de Teresa Barão, pontuada com momentos musicais de Nuno Martins.