Site oficial de Aníbal Reis Costa

anibalreiscosta2@gmail.com

Expresso - Multimédia

Expresso - Multimédia
Expresso
  1. A máquina do tempo: Pedrógão um ano depois (documentário e reportagem multimédia)
    Um ano é nada, 17 de junho de 2017 parece ontem. E para quem o viveu, 17 de junho de 2017 é agora. Sobre Pedrógão já se mostrou tanto e está quase tudo por mostrar. Porque há silêncios que demoram a desaparecer, queimaduras na pele que lembram aos sobreviventes o que outrora foram e já não são. “Não penso nem no passado nem no futuro, lamento o meu presente”, hão de dizer-nos. O Expresso passou um ano nos concelhos afetados pelos incêndios de 17 de junho e entregou câmaras de filmar a crianças diretamente afetadas pela tragédia, dando-lhes total liberdade para filmar o que quisessem. O trabalho inclui ainda testemunhos de feridos graves que quebram o silêncio da maneira possível. Um ano depois, mostramos os vivos sem esquecer os 66 que o país perdeu. Portugal tem de saber
  2. Chef Tiger. O prazer de complicar o que é simples
    Haverá tarefa culinária menos complexa do que grelhar um pequeno peixe? À primeira vista, não. Capturado o referido espécime, basta recorrer ao poder do fogo e a coisa está resolvida. Claro que é fácil, e é bom precisamente por ser fácil. Mas qual é o problema de complicar um pouco?
  3. Uma pedra de ilusões
    Olhe de novo. E mais uma vez se for preciso. Rompa com as ideias feitas, com séculos de conhecimento e descubra um novo caminho para chegar ao lugar de sempre. Arrisque para poder deliciar-se com esta versão reinventada do choco frito, envolto num polme de alho e salsa. Reinventada e bem acompanhada, com batata frita doce e maionese
  4. شكشوكه، طبق لذيذ من المغرب العربي (este título não é um erro)
    Perdido com o título? O Chef Tiger, esta sexta-feira em versão árabe, está aqui para ajudar. Siga pelo prado verde de espargos, passe o funcho, o tomate e os ovos e siga até ao roxo das cebolas. Irá encontrar depois o vermelho do pimento, salpicado de gengibre e coentros. Colha um pouco de hortelã para não se ver grego como o iogurte. Chegámos e o mistério do título está resolvido: lê-se “Shakshouka”, significa “mistura” e é um delicioso prato do Norte de África
  5. Parque das Nações: a cidade de todos os recordes
    A Expo 98 faz 20 anos esta terça-feira. O espaço ocupado pela grande exposição internacional dos oceanos deu lugar a uma nova centralidade de Lisboa, a uma cidade dentro da cidade que já atraiu 31 mil moradores e criou 30 mil empregos. Os números do Parque das Nações, em especial os associados aos seus ícones arquitetónicos, batem recordes em Lisboa, a nível nacional e europeu