Inauguração do Novo Quartel (Ampliação) dos Bombeiros Voluntários de Ferreira do Alentejo - 16 de Novembro de 2013

Exmo. Sr. Diretor do Serviço Nacional de Bombeiros,
Exmo. Sr. Comandante Distrital da Proteção Civil,
Exmo. Sr. Representante da Liga dos Bombeiros
Exmo. Sr. Presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito de Beja
Exmo. Sr. Presidente da Assembleia Municipal e Presidente da AG da AHBVFA,
Exmo. Sr. Presidente da Direção da AHBVFA,
Exmo. Sr. Comandante da AHBVFA,
Exmos. Srs. Eleitos Locais (Vice_Presidente, Presidente da JF Ferreira_____________________)
Bombeiras e Bombeiros,
Caras e Caros Convidados,
Minhas Senhoras e Meus Senhores,

É com grande prazer e satisfação que nos encontramos aqui hoje na Inauguração do Novo Quartel dos Bombeiros Voluntários de Ferreira do Alentejo.
Pelo grande papel desenvolvido ao longo dos anos, muito visível na nossa comunidade, esta que é uma das mais antigas e importantes instituições do Concelho merece, não só, estas novas instalações, como também o permanente reconhecimento público pelo trabalho dedicado que Homens e Mulheres continuam a prestar a todos nós.
Quero, em nome do Concelho, agradecer-vos por isso.


Há muitos (demasiados!) anos que todos pensamos nesta importante obra, vários executivos municipais, outros governamentais, mudança de chefias, de membros de direção, enfim, todo um País e tempo a mudar e a obra sem ser concretizada.
Uma obra, no seu projeto e intenção iniciais, diferente do que aqui hoje se celebra e, também por isso, que só veria a luz do dia depois de reformulado, devidamente acompanhado e com o suporte financeiro assegurado.
Longe vão os tempos em que os recursos eram o “aspeto secundário” ou “acessório” de qualquer projeto pensado para ser executado.
Nos dias que correm, não podemos dissociar os meios dos fins que pretendemos atingir.
Foi isso que aqui se passou. De forma sensata, equilibrada e tecnicamente apoiada, a CMFA associou-se financeiramente com um apoio de 130 000 €, tecnicamente, na elaboração do projeto técnico de candidatura a fundos comunitários e politicamente, criando condições relacionais adequadas entre as nossas instituições e compreendendo e destacando a prioridade deste projeto no todo municipal.
Tivemos, pois, o grato prazer de definirmos essa prioridade, acompanharmos o seu projeto, assegurar a sua viabilidade económico-financeira e de podermos efetivamente VER o seu andamento e a sua conclusão.
Foi um processo moroso, mas integrado, feito com “cabeça, tronco e membros”, de forma rigorosa, determinada, e com o resultado que está à vista.
Paradoxalmente, este importante projeto, há muitos anos pensado, prometido e desejado (numa conjuntura económica adequada), só agora, em altura de particulares dificuldades que vivemos no nosso País, para todas as instituições sem exceção, conhece a luz do dia e constituirá um orgulho para toda a comunidade ferreirense.
Permitam-me, igualmente, que a par desta importante obra, que poderá projetar a AHBVFA no Futuro, contribuindo para a modernização das condições e do serviço prestado, destaque também a importância que outra obra no nosso Concelho (que está a decorrer neste momento) se reveste para a nossa terra que é a reabilitação do Posto da GNR, e consequente regresso das forças de segurança à Sede de Concelho.
Este projeto, com a sua conclusão prevista para o segundo semestre do próximo ano, a par desta, enche-nos de orgulho por tudo o que significa na sua dimensão de serviço público, fundamental para a estrutura da nossa vida em comunidade.

Minhas Senhoras e Meus Senhores,

As grandes dificuldades que as autarquias vivem no presente, com os crescentes papéis que assumem e, com toda a certeza, assumirão no futuro, não podem servir de desculpa a uma menor colaboração com as instituições de segurança, bem estar e de defesa da nossa terra e dos interesses globais da nossa população.
Iremos, novamente, receber menos dinheiro do Orçamento do Estado, pela 5ª vez consecutiva, com todas as consequências, de extrema dificuldade, que daí advêm para a gestão e administração municipais.
Porém iremos continuar, durante o ano de 2014, a assumir o nosso compromisso de apoio aos Bombeiros de Ferreira do Alentejo.
Manteremos o protocolo em vigor, cujo valor ascende a cerca de quase 30 000 €, e ao idêntico valor correspondente ao da Equipa de Intervenção Permanente (EIP).
Excecionalmente, este ano, decorrente de candidatura comunitária, recentemente aprovada, apoiaremos a aquisição de Equipamento de Proteção Individual (EPI) no valor de 13 000 €, como forma de modernizar, ainda mais, a capacidade de resposta do nosso Corpo de Bombeiros.
A par disso, sabendo sempre que podemos contar convosco, continuaremos a atribuir subsídios “pontuais” a iniciativas, ocasiões ou situações consideradas excecionais.
Quero, pois, em nome da CMFA, assumir aqui, perante vós, que continuaremos, com o esforço que se reconhece, com tem acontecido até aqui, a colaborar com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ferreira do Alentejo, na certeza que também por parte dos Bombeiros continuará a existir o espírito humanitário, de sacrifício e de dedicação que têm caracterizado a vossa missão.
Esta é pois uma altura de enorme regozijo para todos nós, ferreirenses, pois sabemos que os Bombeiros passarão a poder contar com mais e melhores condições para o desempenho das vossas funções.
Muitos Parabéns e muitas felicidades para Todos!

Obrigado.